20 novembro 2015

Não caia da corda bamba.



Mais importante que a raiva, será sempre o Amor que foi gerado; mais importante que o desmembramento emocional que ocorre quando um casal cai para lados opostos da corda bamba, é a lembrança imperativa que foram eles que criaram a corda e ela vai estar ligada a ambos para sempre; 
Mais importante que as lágrimas depois de uma discussão, é ter o discernimento de não as provocar a um filho que adormece à noite com a nítida sensação de culpa da separação dos pais; mais importante que dizer “o teu filho”, é lembrar-se que o filho é uma partilha de dois seres humanos; 
Mais importante que perguntar “Gostas mais de mim certo?” é dar-lhe motivos para realmente gostar; mais importante que tentar manipular a criança contra o outro, é lembrar que uma criança não é uma brinquedo portanto não deve ser tratada como tal.
No fundo, mais importante que todo o mal que pode acontecer num relacionamento ou no fim de um relacionamento... é todo o Amor que em algum momento existiu e foi suficiente para criar uma vida, vida essa que deve acima de qualquer coisa ser preservada, protegida e amada.
Que saibam sempre fazer isso, porque uma separação de casal não é nem tem que ser uma separação de filhos... que exista sempre amor suficiente e discernimento de ambas as partes para não ser a criança a perder-se no meio dessa correria que é o mundo dos adultos.

Texto por: Ana Rendas, nossa colaboradora fantástica do blog!
Visite a aba Equipe e saiba mais!