17 março 2015

Desenvolvimento motor do bebê - 0 a 4 meses.

Olá pessoal,

Sou Fernanda Nogueira, estudante de fisioterapia (último semestre, amém) e a partir de hoje estarei aqui escrevendo e informando a vocês, dentro do possível, um pouco mais sobre esse mundo misterioso dos bebês.

Hoje iremos falar um pouco sobre o desenvolvimento motor. Toda mamãe sabe que existe uma fase “adequada” em que os bebês irão fazer alguma coisa, como por exemplo, rolar, engatinhar, andar, etc. E para que isso aconteça eles precisam ser estimulados, pois algumas mães super protegem os babys e as vezes (não é regra) isso acaba atrasando o desenvolvimento normal.

Então vamos lá....

Ao nascer o bebê se mantém de barriga para baixo ou para cima com as perninhas e bracinhos encolhidos, pois ainda existem algumas estruturas que precisam “amadurecer”, independente do tempo da gestação. Até por volta dos três meses de vida essa será praticamente a única posição adotada por eles.


A partir do terceiro e quarto mês, alguns músculos serão ativados e não se assustem se do dia para a noite vocês encontrarem os seus babys com o pescocinho “durinho” e fazendo pose de capa de revista, como essa:



Agora o seu bebê já não fica mais com os bracinhos e perninhas encolhidinhas, já existe uma liberdade maior, é justamente naquela fase gostosa que eles começam a dançar com os braços e as perninhas.
É nessa fase que eles começam a se “conhecer”. A mãozinha direita encontra a mãozinha esquerda, os pezinhos viram a chupeta mais deliciosa do mundo!




Até o primeiro ano muitas coisas acontecem, então esse post será divido em 3 partes. A primeira do nascimento até os 4 meses, a segunda dos 4 aos 8 meses, e a terceira dos 8 aos 12 meses.

E lembrando mamães de plantão, toda REGRA existe EXCEÇÃO! Claro que o seu baby pode começar a fazer determinadas coisas antes do tempo ou depois do tempo, cada ser é diferente. Então, não se preocupem caso eles não sigam essa “regrinha”.
Um beijo grande e até a próxima!

Nanda